Capa _ Final _ Original _ Site

Leituras e releituras – Sete peças vetadas pela censura

Desenvolvido juntamente com o Centro de Pesquisa e Formação do Serviço Social do Comércio (SescSP), o Projeto Censura em Cena previu a leitura dramática de peças vetadas pela censura e o debate sobre sua interdição. Foram 14 obras apresentadas entre 2015 e 2017, escolhidas entre as peças vetadas, levadas ao público e debatidas em suas intenções, as dos autores, de um lado, e as dos censores, de outro.

Com recursos da Fapesp, CNPq e Capes, esse projeto trouxe ao palco e às discussões obras esquecidas de autores famosos. Os coordenadores do projeto foram as professoras Cristina Costa e Renata Pallottini, e o diretor Roberto Ascar. Dessas 14 obras, foram escolhidas sete para compor o livro Leituras e Releituras – Sete peças vetadas pela censura, lidas e analisadas na atualidade: O fundo do poço (Helena Silveira), O Relatório Kinsey (Alberto D’Aversa), Filha moça (Augusto Boal), A semente (Gianfrancesco Guarnieri), Sortilégio (Abdias do Nascimento), Reportagem de um tempo mau (Plínio Marcos), e Enquanto se vai morrer (Renata Pallottini).

Cópia_de_segurança_de_capatiff

Diferentes autores e pesquisadores foram incumbidos de elaborar um texto sobre o autor, a obra, a censura e a sua encenação. São eles: Cristina Costa, Mayra Rodrigues Gomes, Celso Frederico, Walter de Sousa Junior, José Ismar Petrola e Eliane Almeida. Cada um com sua especialidade e experiência pessoal com o tema, analisou o texto dramatúrgico, bem como a discussão suscitada por sua apresentação, cerca de 50 anos depois de sua criação. Cobrimos, assim, o principal leque de justificativas utilizadas pela censura oficial do Estado – a subversão, a moralidade, a defesa de minorias, as críticas e as denúncias a uma sociedade muitas vezes hipócrita e dissimulada.

Cada autor teve a possibilidade de conduzir de forma autônoma seu texto, levado pela obra em questão e pelas transcrições dos debates ocorridos no dia de sua apresentação. O resultado foi, como a própria produção artística de que trata, um elogio à diversidade.

Na noite de autógrafos do livro Leituras e Releituras, que acontece nesta quarta-feira (6), em São Paulo, haverá leitura dramática da obra Pequenos Burgueses, de Gorki, seguido de uma fala de Renata Pallotini.

SERVIÇO:

Lançamento do livro: Leituras e Releituras – Sete peças vetadas pela censura, lidas e analisadas na atualidade

Data: 6 de dezembro de 2017

Horário: 19h30

Local: TUSP

Endereço: R. Maria Antônia, 294 – Vila Buarque – São Paulo/SP

Selecionamos outros textos para você