Para ler: Roberto Civita, o dono da banca

Uma biografia para ser lida de um folego só, a despeito das suas mais de 500 páginas. Roberto Civita narra os bastidores da Editora Abril, as histórias e lembranças, e a trajetória desse jornalista que primava pela independência e pela defesa da liberdade de expressão.

De cara com a mídia II

O autor Francisco Viana faz um convite à reflexão sobre a atualidade da comunicação. Mais que a Internet, o que mudou foi a percepção do contexto em que a realidade ganha forma e o jogo de interesses se desenrola.

Por uma agenda de consenso e de ação

Muitos autores e ideias frequentaram o seminário Dialogar para Liderar, organizado pela Aberje e o Correio Braziliense, que teve como objetivo reavivar no âmbito da comunicação organizacional o diálogo e liderança.

Democracia literária

Por Francisco Viana – Que contraste! A tentativa de proibir biografias não-autorizadas mobilizou tantos ícones brasileiros – de Roberto Carlos a Caetano Veloso, todos com forte influência junto à opinião pública – e, no final, o Superior Tribunal Federal (STF) se revelou, por unanimidade, favorável.

Intolerância: nem na arte nem na vida

O Brasil abriu-se ao século XXI com uma grande certeza: a consolidação da democracia é o nosso maior legado para as próximas gerações. — Livro Brasil: uma biografia

A Revolução Francesa do século XXI

No futuro, o domingo de 11 de janeiro de 2014 será lembrado como a data da Revolução Francesa dos tempos modernos. Além de 2,7 milhões de pessoas que saíram às ruas nas cidades, mais de um milhão de cidadãos de todas as raças e credos saíram em passeata em Paris, …