Ênio Vergeiro é reeleito presidente da APP

Ênio Vergeiro é reeleito presidente da APP 550 345 Instituto Palavra Aberta

Em Assembleia Geral Extraordinária, a Associação dos Profissionais de Propaganda (APP) reelegeu o publicitário Ênio Vergeiro, que exercerá seu terceiro mandato para o biênio 2015/2017.

Com um coquetel no Espaço Cultural Zé Rodrix, a APP formalizou na última quarta-feira (18), a posse da nova diretoria, que terá novamente Ênio Vergeiro como presidente. O publicitário é diretor da sucursal de São Paulo da Rede Bahia, maior grupo de comunicação do Norte/Nordeste, e participa do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR), do Conselho Executivo das Normas-Padrão (CENP) e do Instituto Verificador de Comunicação (IVC). Com passagens pelas editoras Abril e Globo, O Estado de S.Paulo e Grupo ABC, Vergeiro ganhou na categoria Profissional de Veículo os prêmios Caboré (2002) e Veículos de Comunicação (2003).

O novo Conselho Administrativo e Financeiro da entidade contará com Luiz Lara (chairman da Lew’Lara/TBWA), como 1º vice-presidente, e Renato Pereira (diretor executivo de Relações com o Mercado da Rede Globo), como 2º vice-presidente. Os diretores do Conselho de Administração são André Porto Alegre (CEO da Edgard Leite Advogados Associados), Antonio Carlos Franchini Ribeiro (Diretor Geral da GTec), Paulo Gomes de Oliveira Filho (Paulo Gomes Advogados Associados e consultor jurídico da ABAP), Silvio Soledade (diretor do Plano Gestão), Wagner Yoshihara (diretor de mídia da Tônica de Comunicação) e o diretor executivo José Maurício Pires Alves (diretor na Atalho Soluções em Comunicação).

No Conselho Fiscal estão Paulo Fernando Chueiri Gabriel, Alceu Gandini, Antonio Calil Cury, Carlos Alberto Nano, José Francisco Queiroz e Luiz Arnaldo Casali, como suplentes.

A Associação dos Profissionais de Propaganda (APP) é uma entidade que fomenta e estimula o desenvolvimento das atividades relacionadas à indústria da comunicação e que congrega publicitários de todo o País. Fundada em setembro de 1937 como Associação Paulista de Propaganda, teve como primeiro presidente o poeta e publicitário Orígenes Lessa. Em 1989 é rebatizada como Associação dos Profissionais de Propaganda. A entidade surgiu da necessidade da atividade publicitária ter uma voz que não se calasse diante de temas e desafios do negócio publicitário e do profissional que atua na indústria da comunicação. Congrega os profissionais dos mais variados segmentos da publicidade nacional, estejam eles entre anunciantes, nas agências, nos veículos ou nas empresas fornecedoras de serviços, todos participando ativamente do desenvolvimento socioeconômico e profissional do Brasil, especialmente no que diz respeito ao crescimento e contínua modernização das atividades produtivas, comerciais e de serviços.