Nota de repúdio

Nota de repúdio 550 345 Instituto Palavra Aberta

O Instituto Palavra Aberta repudia, veementemente, o atentado ocorrido nesta quarta-feira (7) com o semanário francês Charlie Hebdo e que resultou no assassinato de dez funcionários, entre eles o seu editor-chefe e cartunistas, além de dois policiais.

Cruel, frio e covarde, esse ataque atinge não só a vida de cidadãos que exerciam dignamente o seu trabalho, como viola brutalmente a liberdade de expressão.

À primeira vista, atinge o campo da sátira, especialidade da publicação. Mas na prática, envolve todos aqueles que exercem o jornalismo, patrimônio da democracia, na sua missão de propiciar, independente e audaciosa, a circulação de fatos e ideias.

Não é apenas a redação do Hebdo, como é carinhosamente conhecida, que está de luto, mas toda a humanidade.