Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo: vencedores 2014

Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo: vencedores 2014 550 345 Instituto Palavra Aberta

Ganhadores-Premio-Libero-Badaro-2014-_Foto-Gustavo-e-VargasDurante cerimônia realizada na Câmara Municipal de São Paulo nesta segunda-feira (24) foram divulgados os ganhadores do prêmio, que está em sua 11ª edição e é uma iniciativa da revista e Portal Imprensa

Criado para o reconhecimento de reportagens de excelência veiculadas na mídia impressa e eletrônica, a premiação distribuiu R$ 72 mil para 10 categorias, sendo que duas foram prêmios especiais: Grande Prêmio Líbero Badaró, para a equipe do jornal Folha de S.Paulo pela reportagem “A Batalha de Belo Monte”, e Destaque do Ano – reconhecimento pelas contribuições à mídia brasileira –, que teve como homenageado Gilberto Dimenstein, idealizador do site Catraca Livre.

Este ano as inscrições alcançaram número recorde, com mais de 1.800 cadastros, sendo que as categorias recordistas foram Webjornalismo e Jornalismo Impresso. Os finalistas concorreram com trabalhos veiculados de 8 de abril de 2013 a 7 de abril de 2014. Os vencedores foram:

Categoria Jornalismo Universitário: estudantes da Universidade de Brasília (UnB) com a matéria “Ausentes – eles estão em algum lugar do outro lado da fronteira”.
Autores: Amanda Maia Santos e Amanda Martimon Morgado
Fotógrafos: Marcella Fernandes de Camargos

Categoria Ilustração: jornal Folha de S.Paulo pelo desenho “Protestos”.
Autor: Angeli

Categoria Webjornalismo: portal G1 pela matéria “Bye, Bye, Brasil: 35 anos depois”.
Autores: Glauco Araujo, Gustavo Miller, Leo Aragão e equipe de Arte
Fotógrafo: Luciano Emoto

Categoria Jornal Impresso: jornal O Dia (RJ) com a matéria “Revelações do Coronel Malhães”.
Autora: Juliana Dal Piva

Categoria Primeira Página: jornal Diário Catarinense (SC) pela capa “Mais ordem do que progresso”.
Autores: Edgar Gonçalves Júnior, Cristiano Estrela, Rafael Rosa, Émerson Souza e Cristiane Cordioli
Fotógrafo: Cristiano Estrela

Categoria Radiojornalismo: EBC de São Paulo dora com o especial “A América Latina e o Golpe de 1964 no Brasil”.
Autores: Beatriz Pasqualino, Priscila Resende e Juliana Cézar Nunes

Categoria Fotojornalismo: jornal O Estado de S.Paulo (RJ) pela imagem “Em defesa da Democracia”.
Fotógrafo: Fabio Motta

Categoria Reportagem Cinematográfica: TV Record (SP) pela matéria “Laranjas do sertão”.
Cinegrafistas: Cristiano Teixeira, Ingrid Sachs e Lucas Mello

Categoria Telejornalismo: TV Globo (RJ) com a série “Pedofilia em Coari (AM)”.
Autores: Monica Marques, Giuliana Girardi, Wálter Nunes, Bruno Della Latta, Bruno Mauro, Bernardo Medeiros, Claudio Gutierres e Thiago Ornaghi
Cinegrafistas: Abiatar Arruda, Marcone Prysthon, Lúcio Alves e José de Arimatéa

Categoria Cobertura Internacional: jornal O Estado de S.Paulo pela matéria “Sudão do Sul: A guerra esquecida”.
Autora: Adriana Carranca

Grande Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo: “A Batalha de Belo Monte”, Folha de S.Paulo (SP)
Autores: Marcelo Leite, Dimmi Amora e Morris Kachani
Fotógrafos: Lalo de Almeida, Rodrigo Machado e Douglas Lambert

A realização do Prêmio Libero Badaró contou com o patrocínio da Câmara Municipal de São Paulo e apoio institucional do Instituto Palavra Aberta, Artigo 19, Intercom, Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e Instituto Internacional de Ciências Sociais (IICS).