Vera Iaconelli fala sobre desafios mundo conectado em live do EducaMídia

Vera Iaconelli fala sobre desafios mundo conectado em live do EducaMídia 1024 526 Instituto Palavra Aberta

Vera Iaconelli tem um currículo extenso: é psicanalista e doutora em psicologia pela USP, diretora do Instituto Gerar, autora do livro “O Mal-estar na Maternidade” e “Criar filhos no século XXI”, articulista da Folha de S. Paulo e membro do conselho consultivo do EducaMídia. Com a pandemia, que fez com que todos nós ficássemos mais online do que nunca, tornou-se impossível não refletirmos sobre a relação que temos com a informação e as redes sociais. 

Pensando nisso, o EducaMídia recebeu a psicanalista para uma conversa aberta sobre temas como a cultura do cancelamento, tão em voga no ambiente virtual, na live semanal do programa, que vai ao ar no Facebook e Youtube. O papo foi comandado por Patricia Blanco, presidente do Palavra Aberta.

Para Vera, é importante que em meio a este turbilhão de informações recebidas virtualmente no dia a dia, realizemos uma curadoria com o propósito de identificar as informações que são e as que não são “fake news”, bem como as informações nocivas que nos bombardeiam nas redes sociais e demais veículos. 

No caso de famílias com crianças pequenas e jovens, caso não seja possível fazer esse filtro, ela ressalta que é o papel dos pais estabelecerem sempre um diálogo. “A palavra-chave é a mediação.  Uma mediação feita pelos pais a fim de que os seus filhos recebam aquilo que realmente importa em matéria de informação”, explicou.

Cancelamento

Vera ressalta que as pessoas estão recebendo uma carga de informações sem precedentes, o que as deixa assoberbadas, desenvolvendo um grau de ansiedade muito grande.  

“Há um fenômeno que é o do acesso a uma série de informações que em outros momentos históricos nós não tínhamos. Há uma hiperexposição de opiniões e temos em meio a tudo isso, uma fragilização da democracia, sem falar que há uma cultura ‘tribal’, ou seja, as pessoas estão vivendo em grupos com os quais estas se identificam. Isso contribui para promover individualismo e a intolerância. O que a rigor, tem ganhado corpo já que nós estamos vivendo cada vez mais, em um contexto de aceitar os que possuem as mesmas ideias o que revela a não aceitação ao que não nos é favorável”, afirma a psicanalista. 

Para Vera, a cultura do cancelamento surge como reflexo desse contexto e pode ser um desafio à democracia. “Constrói-se uma cultura da intolerância em relação ao que o outro pensa. A rigor, isso tem projetado as pessoas a viverem isoladas em seus mundos”, reafirma.

Ensino remoto

Para a especialista, a pandemia trouxe também a valorização do trabalho docente. “Os pais começaram a valorizar a atividade dos professores. Passada a etapa de pandemia, as crianças irão voltar a rotina normal de vida. A realidade atual fez com que nós víssemos que o uso do presencial e do virtual serão fundamentais. Sem falar que o momento os mostra a importância da solidariedade, empatia”, explicou. 

Para assistir ao vídeo na íntegra, clique aqui

João Costa, para o Instituto Palavra Aberta