Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa 2016

Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa 2016 630 355 Instituto Palavra Aberta

foto-2-_-premio-anj-2016-_-foto-cristiano-costa* Fonte: ANJ

O jornal Gazeta do Povo, de Curitiba, e sua equipe de cinco profissionais foram agraciados com o prêmio oferecido pela Associação Nacional de Jornais (ANJ), durante cerimônia realizada em Brasília, nesta quarta-feira (28).

Alvos de assédio judicial sob a forma de dezenas de processos movidos por juízes devido a uma série de reportagens sobre a remuneração do Judiciário paranaense e de membros do Ministério Público do Paraná, garantiram ao jornal Gazeta do Povo, de Curitiba, e sua equipe de cinco profissionais o Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa de 2016.

O vice-presidente da ANJ e responsável pelo Comitê de Liberdade de Expressão, Francisco Mesquita Neto, reafirmou a enorme importância do Poder Judiciário na garantia das liberdades individuais e coletivas e da liberdade de imprensa em particular, nos termos da nossa Constituição. “Ninguém, nenhuma instituição, contudo, pode se pretender acima da Lei”, disse acrescentando que “o prêmio é uma honraria que representa um justo reconhecimento às melhores práticas jornalísticas e à determinação de um jornal de cumprir com a missão de serviço público. Os premiados foram e ainda são objeto de assédio judicial praticado por juízes e procuradores sob a forma de 48 processos em decorrência de uma série de reportagens sobre a remuneração do Judiciário e de membros do Ministério Público do Paraná.”

Em agosto, a Associação Nacional de Jornais na condição de amicus ciriae, participou de ação da Gazeta do Povo junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) que resultou em decisão da Ministra Rosa Weber de conceder liminar suspendendo os processos na Justiça Especial.

Já o presidente da ANJ e do Fórum Mundial de Editores, Marcelo Rech, lembrou que “uma imprensa livre e profissional nunca foi tão necessária às sociedades inundadas por desinformações disseminadas principalmente pelas redes sociais”. Ao final do evento Rech entregou o troféu ao presidente executivo da Gazeta do Povo, Guilherme Döring, e os profissionais Euclides Lucas Garcia, Evandro Balmant e Guilherme Storck receberam certificados de Francisco Mesquita Neto.